SEJAM BEM-VINDOS!

Este é um blog educativo. Minha intenção é postar meus projetos de literatura infantil, em verso e prosa, para ajudar pais e professores na educação de nossas crianças.



Todos os textos aqui publicados são de minha autoria e estão devidamente registrados no EDA da Biblioteca Nacional.



RESPEITEM OS DIREITOS AUTORAIS!



Já possuo dois livros publicados: o primeiro com o Patrocínio da Prefeitura de Juiz de Fora, intitulado "Os Sonhos da Favela",
é um paradidático pré-adolescente que aborda temas como violência, drogas, gravidez adolescente, oportunidades e decisões.e o segundo pela Editora Uirapuru, intitulado "As cores do Meu Brasil" é um livro infantil que conta a história da diversidade do nosso Brasil dando ênfase à cultura Afro-brasileira.

Saudações literárias.


Vera Ribeiro Guedes.





OS SONHOS DA FAVELA

OS SONHOS DA FAVELA
TRABALHO REALIZADO PELOS ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL HENRIQUE JOSÉ DE SOUZA - JUIZ DE FORA - MG

AS CORES DO MEU BRASIL

AS CORES DO MEU BRASIL
Livro infantil de cultura afro-brasileira

terça-feira, 17 de maio de 2016

BEIJA-FLOR

                                                               
                                          Imagem: hypescience.com

VOA, VOA O BEIJA–FLOR,
DE PLUMAGENS IRIDESCENTES,
COMO AS CORES DO ARCO-ÍRIS,
SOBE E DESCE... INSISTENTE.

DIANTE DA BELA FLOR,
NO AR, ELE PARALISA,
E COMO UM CONQUISTADOR,
DÁ-LHE UM BEIJO DEMORADO.

NÃO QUER SER SEU NAMORADO?
QUE SAFADO!
QUER APENAS SE ALIMENTAR...
COM O NÉCTAR GOSTOSO,
QUE A FLOR TEM PARA LHE DAR.

E A COITADA, APAIXONADA,
COM O CORAÇÃO A PARTIR,
DEIXA QUE ELE SE VÁ.

ATÉ QUE, OUTRO COLIBRI,
EM UM DIA ENSOLARADO,
COM UM BEIJO APAIXONADO,
QUEIRA COM ELA SE CASAR.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

FORA AEDES AEGYPTI!



VOANDO VAI O MOSQUITINHO,
ELE É TODO PINTADINHO,
ATÉ PARECE BONITINHO.
SE OLHA NO ESPELHO, É VAIDOSO,
MAS, NA VERDADE, ELE É PERIGOSO!
QUEM ELE PICA, FICA DENGOSO.

DE SANGUE, ELE SE ALIMENTA,
TRANSMITE MUITAS DOENÇAS.
SEU FERRÃO PARECE INJEÇÃO.

GOSTA DE ÁGUA PARADA,
ONDE PRODUZ SUAS LARVAS;
E DOS LUGARES ESCURINHOS,
ONDE FICA ESCONDIDINHO.

MAS QUEM É INTELIGENTE,
SABE BEM O QUE FAZER:
LIMPAR O QUINTAL DE CASA,
NÃO DEIXAR A ÁGUA EMPOÇADA,
NEM VASILHA DESTAMPADA.
PARA O MOSQUITO NÃO NASCER.

ASSIM, A DENGUE VAI EMBORA;
O SEU ZICA NÃO SE DEMORA;
E DONA CHIKUNGUNYA, NEM VAI APARECER.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

RESPEITÁVEL PÚBLICO!


MÁGICOS... EQUILIBRISTAS...
NO CIRCO DA VIDA
SOMOS HUMORISTAS;
A CADA MINUTO, TODOS OS DIAS.

CORRENDO NO PICADEIRO,
TIRANDO COELHOS DA CARTOLA,
TRANSFORMANDO TEMPO EM DINHEIRO,
EQUILIBRANDO OS SONHOS EM UMA BOLA.

MAS, SE O CIRCO É A MAGIA
DE TODA A CRIANÇA;
E O PALHAÇO COMANDA A ALEGRIA;
DEVEMOS, ENTÃO, TER ESPERANÇA.

POIS, SORRIR É DESEJO E FANTASIA
DO HOMEM-CRIANÇA,
QUE EM PLENA HARMONIA,
NA CORDA-BAMBA BALANÇA.

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

AS CORES DO MEU BRASIL

Olá Pessoal,
O meu livro de cultura Afro-brasileira para crianças, "As Cores do Meu Brasil" já está à venda no site da Editora Uirapuru. www.editorauirapuru.com.br. Abraços, Vera Ribeiro Guedes

terça-feira, 17 de novembro de 2015

convite para o lançamento do meu livro AS CORES DO MEU BRASIL



O lançamento se realizará no dia 28/11 em Juiz de Fora - MG.
O livro já se encontra à venda nosite da Editora Uirapuru.
www.editorauirapuru.com.br


quinta-feira, 1 de outubro de 2015

AS CORES DO MEU BRASIL - CULTURA AFRO-BRASILEIRA


OLÁ CRIANÇADA, PROFESSORES E INTERESSADOS NO TEMA.
PRÉ-LANÇAMENTO

As Cores do Meu Brasil é um livro que vem para suprir a ausência de material sobre cultura afro-brasileira.
Contando histórias, tia Fernanda e seus alunos nos mostram um Brasil colorido, heterogêneo, e de grande diversidade cultural, dando ênfase à cultura afro-brasileira.

A historinha da caixa de lápis de cor, muito utilizada por leitores deste blog é parte integrante desta obra.

Em breve no Site da Editora Uirapuru.

Porém, quem quiser fazer sua encomenda diretamente com esta Autora e ter seu livro autografado, entre em contato através do blog e deixe um endereço que retornarei.

Os primeiros compradores, receberão de brinde um exemplar do livro Os Sonhos da Favela (promoção por tempo limitado e válida enquanto durar o estoque).

Beijos,
Vera Ribeiro Guedes.



segunda-feira, 13 de julho de 2015

CADÊ A ÁGUA?



Lá vai a água escoando pelo ralo...
É claro!
Eu estou ensaboado,
Gosto de banho demorado;
E a água? Sai pelo ralo...

Lá vai a água escoando pelo ralo...
É claro!
O copo está ensaboado,
A torneira está aberta;
Para que pressa?
E a água? Sai pelo ralo...

Lá vai a água escoando pelo ralo...
Lá vai a chuva escoando pelo ralo...
Lá vai o rio escoando pelo ralo...

É claro!

O chuveiro está ligado...
Eu estou ensaboado...
O copo está lavado...
E eu estou com sede...

Cadê a água?

Foi pelo ralo!


sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

AS CORES DO MEU BRASIL - CULTURA AFRO-BRASILEIRA

Olá, garotada e professores!
Meu livro sobre cultura afro-brasileira "AS CORES DO MEU BRASIL" será lançado brevemente pela Editora Uirapuru. Aguardem!

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

NATAL, NOITE DE LUZ!

                                                Imagem: www.amiguinhosdedeus.com

Oh, Jesus menino!
Vieste tão pequenino,
em uma noite de luz.
Deitado na estrebaria,
tendo ao lado a Virgem Maria
e São José que o conduz.

Nasceste no meio dos pobres,
de sua coroa, despido.
Poderia ter nascido nobre,
mas, não era este o destino;
do Deus que se fez menino,
para habitar entre os homens.

Aleluia! Cantam os anjos.
Serafins, Querubins e Arcanjos,
em honra ao Nosso Senhor.
E nós, também damos glória,
ao Rei que mudou nossa história.
É o Natal do nosso Salvador!

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL


ÀS MARGENS DO IPIRANGA,
UM GRITO ECOOU,
ENSURDECEU O POVO,
O NOSSO IMPERADOR.

MONTADO EM SEU CAVALO,
COM A ESPADA EMPUNHADA,
D. PEDRO TORNOU-SE UM BRAVO,
LIBERTANDO NOSSA PÁTRIA.

INDEPENDÊNCIA OU MORTE!
CORAJOSA DECISÃO,
QUE MUDOU A NOSSA SORTE,
DE COLÔNIA À NAÇÃO.

SALVE 7 DE SETEMBRO!
NOSSO POVO VARONIL,
NESTA DATA COMEMORA,
A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

TRAVA LÍNGUA 3

                                                     Imagem: http://artecarlaprates.com.br/

QUEBRARAM TRÊS PRATOS DA PRATELEIRA;
A PRATELEIRA TINHA TRÊS PRATOS;
SE TRÊS PRATOS DA PRATELEIRA QUEBRARAM,
A PRATELEIRA FICOU SEM PRATO.

TRAVA LÍNGUA 2


CANTO O CANTO DA COTOVIA,
A COTOVIA CANTA O CANTO QUE CANTO.
SE O CANTO DA COTOVIA CANTO,
CANTO O CANTO QUE A COTOVIA CANTA.

TRAVA LÍNGUA


COMO UM PRATO DE COCADA DE COCO,
COMO COCADA DE COCO NO PRATO.
SE TEM PRATO COM COCADA DE COCO,
TEM COCADA DE COCO NO PRATO.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

CUIDANDO DA SAÚDE



SOU ESPERTO E INTELIGENTE;
DO MEU CORPO, CUIDO CONTENTE;
LAVO AS MÃOS E ESCOVO OS DENTES;
NÃO QUERO FICAR DOENTE.

AS FRUTAS QUE COMO COM CASCA,
SÃO SEMPRE BEM LAVADAS..
ASSIM COMO A VERDURA FRESQUINHA,
QUE DEVE SER BEM LIMPINHA.

A ÁGUA, FONTE DE VIDA,
DEVE SER BEM TRATADA.
PARA BEBER, UMA DICA,
SÓ FERVIDA OU FILTRADA.

OS DOCES EU DEIXO DE LADO;
O REFRIGERANTE TAMBÉM.
MEU CORPO MERECE CUIDADO,
COM ALIMENTOS QUE FAZEM BEM.

MAS, O FIM DA SEMANA EU ESPERO,
DEIXO A SALADA E VOU PARA A PIZZA;
BOLO DE CHOCOLATE É UMA DELÍCIA.
AFINAL, NÃO SOU DE FERRO...

SER CRIANÇA



NESSE PARQUE ENCANTADO,
DE BRINQUEDOS COLORIDOS,
CARROSSEL ILUMINADO,
ROSTOS CHEIOS DE SORRISOS.

TEM NUVEM DE ALGODÃO-DOCE
TEM PIPOCA COLORIDA,
E UM DELICIOSO SORVETE,
ADOÇANDO A NOSSA VIDA.

TEM PALHAÇOS, BAILARINAS,
PRINCESAS E SUPER-HERÓIS;
GRANDES MÁGICOS, EQUILIBRISTAS,
ENROLADOS EM NOSSOS LENÇÓIS.

NESSE MUNDO DE FAZ DE CONTA,
ONDE TODA CRIANÇA HABITA,
HÁ SEMPRE A IMAGEM SANTA,
DO ADULTO EM QUEM CONFIA.

SER CRIANÇA É FANTASIA,
ETERNO MUNDO DE SONHOS,
UMA SUAVE MELODIA,
ENTOADA PELOS ANJOS.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

TRABALHO REALIZADO PELAS PROFESSORAS DA E.M.PEDACINHO DO CÉU (RS) A PARTIR DO POEMA A LAGARTA E A BORBOLETA. PUBLICADO PELA SEMEC - IVOTI - RS

Maternal 3A estudando as lagartas e borboletas [E. M. E. I. PEDACINHO DO CÉU]

Temos conhecimento de que é...
[...] importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e compreensão do mundo.[...] (ABRAMOVICH, 2001, p.16-17)
A partir deste pensamento, criamos o projeto Ouvindo e contando histórias. Entrando no mundo do faz de conta..., cujo objetivo é proporcionar às crianças momentos significativos e de aprendizagem através de contos e histórias que desconhecem, explorando diferentes materiais, capacidades, técnicas, habilidades e potencialidades...
...Posteriormente iniciamos a confecção e ilustração de um livro individual, a partir da poesia A lagarta e a borboleta, de Vera Ribeiro Guedes. As ilustrações foram realizadas com diversos materiais, como: EVA, papel crepom, cartolina, cola colorida, glíter, palito de picolé, giz de cera e massa de modelar.
Estamos nos divertindo muito com estas atividades. Até mais!

Professoras: Dieiza Rösner e Jaqueline Prass


LINDO!!! PARABÉNS AOS PROFESSORES E AS CRIANÇAS. FIQUEI MUITO FELIZ!

domingo, 24 de novembro de 2013

NATAL

IMAGEM: www.culturamix.com 

É NATAL!
UM MENINO NASCEU POBRE,
PARA DEMONSTRAR AO MUNDO,
QUE MUITO MAIOR QUE SER NOBRE,
É TER UM AMOR PROFUNDO...

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

O SÍTIO DA VOVÓ DE A a Z


TEM, NO SÍTIO DA VÓ PETITA,
ARARAS AZUIS A VOAR;
BANANA DA TERRA E NANICA;
CARAMBOLA,CAJU E CAJÁ.

DOCE DE PAÇOQUINHA;
ESPIGAS NO MILHARAL;
FOGÃO DE LENHA NA COZINHA;
GALINHA CISCANDO NO QUINTAL.

HORTA BEM VERDINHA;
INHAME PARA COZINHAR;
JABUTICABA PRETINHA;
KIWI LÁ NO POMAR.

LIMONADA GELADINHA;
MARRECOS NO LAGO A NADAR;
NASCENTE DO RIACHINHO;
QUINTAL PRA GENTE BRINCAR.

ROUPA SECANDO NO VARAL;
SOPA QUENTE NO JANTAR;
TOTÓ DEITADO NO PORTAL;
UIVANDO PRA NÃO LADRAR.

VAGA-LUME A NOITE ANUNCIANDO;
WAFER, NA MESA, ACOMPANHANDO,
XÍCARA DE LEITE QUENTINHO;
YGOR, NA CAMA, SONHANDO,
ZANGANDO COM UM MOSQUITINHO.

NO SÍTIO DA VÓ PETITA,
TUDO PODE ACONTECER;
ATÉ AS LETRAS DO ALFABETO,
VOCÊ PODE APRENDER.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

ARCO-ÍRIS


DE ONDE VEM O ARCO-ÍRIS?
ISSO EU NÃO SEI NÃO,
MAS, QUANDO O SOL E A CHUVA
APARECEM JUNTOS,
LÁ ESTÁ ELE, LINDO COMO SEMPRE.
PARECE QUE FADAS O PINTAM...
SERÁ ILUSÃO? OU VEM DO CORAÇÃO?

QUANDO O ARCO-ÍRIS APARECE,
BORBOLETAS AJUDAM A ENFEITAR O CÉU.
PARECE PINTURA DE ARTISTA,
FOTOGRAFIA DE REVISTA,
DEDO DE DEUS.

DE UMA COISA EU TENHO CERTEZA
E NINGUÉM PODE NEGAR,
O ARCO-ÍRIS É LINDO, DE ARRASAR.

PARECE UMA NOVA VIDA
QUE INICIA BEM FELIZ,
E MAIS FELIZ SERIA,
SE O ARCO-ÍRIS APARECESSE TODO DIA,
SÓ PARA NOS ALEGRAR.

AUTORA: JULIANA RIBEIRO GUEDES
MINHA FILHA DE 11 ANOS
FILHA DE PEIXE...

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

A ESTRELA DO NATAL


IMAGEM: http://www.walldesk.com.br
           
              Há muitos anos atrás... Em uma cidadezinha chamada Belém... Em noite sem lua... Quatro estrelas teimavam em reinar no céu.
            Haviam ouvido dizer que nasceria um Menino-Deus, que traria a Salvação para o mundo; e que, uma estrela muito brilhante guiaria o povo até o lugar de Seu nascimento.
            Das quatro, três brigavam entre si, para saber qual delas teria essa honra e então, sua história haveria de ser contada por todos, quando falassem no nascimento do Menino e essa estrela ficaria famosa.
            Uma delas disse:
            - Eu serei a estrela escolhida porque sou a maior de todas; porém, enquanto falava e revirava suas pontas, não viu que lá em baixo, um casal humilde atravessava o deserto.
            A segunda estrela viu o casal, mas não deu importância e falou:
            - Eu sou a mais brilhante e por isso serei a escolhida, e enquanto falava pensava: “Não vou desperdiçar meu brilho com um casal de mendigos”.
            A terceira estrela, nem grande, nem pequena, também não muito brilhante, porém muito imponente retrucou:
            - Lá em baixo seguem os pastores, vagando na escuridão, mas eu só vou iluminar o Menino importante, guardarei meu brilho para Ele, pois serei a escolhida.

            Enquanto isso, em um cantinho do céu, uma estrelinha muito pequena, não conseguia ouvir o que as suas amigas falavam, porque estava muito ocupada tentando iluminar, sozinha, o caminho do pobre casal e dos pastores que por ali passavam.
            Ela também gostaria de ser a estrela escolhida, mas não tinha essa pretensão. Era a menor dentre as estrelas do céu, por isso, contentava-se em ajudar os peregrinos, iluminando com seu pequeno brilho o caminho dos desconhecidos.
            Foi quando, neste instante, três reis cruzaram o caminho e a única estrela que conseguiram enxergar era a pequena e solitária estrelinha, e, decidiram segui-la
            Quando percebeu que seu pequeno brilho estava sendo de grande valia para aquelas pessoas pobres ou ricas, a estrelinha encheu-se de alegria e começou a inflar... inflar... inflar... até que explodiu em grandes e luminosos raios que cobriram todo o céu, até apontar para uma pequena manjedoura, onde aquele pobre casal que ela iluminou, deitava coberto em panos o seu Menino, rodeado pelos pastores que por ali também passaram.
            Os reis conseguiram chegar até o Menino-Deus e a pequena estrela, a menor dentre todas, tornou-se grandiosa e, seu brilho foi reconhecido por toda a humanidade como sendo “A Estrela do Natal”.
            Quanto às outras, que só se preocuparam com suas vaidades, continuaram no anonimato.