SEJAM BEM-VINDOS!

Este é um blog educativo. Minha intenção é postar meus projetos de literatura infantil, em verso e prosa, para ajudar pais e professores na educação de nossas crianças.



Todos os textos aqui publicados são de minha autoria e estão devidamente registrados no EDA da Biblioteca Nacional.



RESPEITEM OS DIREITOS AUTORAIS!



Já possuo dois livros publicados: o primeiro com o Patrocínio da Prefeitura de Juiz de Fora, intitulado "Os Sonhos da Favela",
é um paradidático pré-adolescente que aborda temas como violência, drogas, gravidez adolescente, oportunidades e decisões.e o segundo pela Editora Uirapuru, intitulado "As cores do Meu Brasil" é um livro infantil que conta a história da diversidade do nosso Brasil dando ênfase à cultura Afro-brasileira.

Saudações literárias.


Vera Ribeiro Guedes.





OS SONHOS DA FAVELA

OS SONHOS DA FAVELA
TRABALHO REALIZADO PELOS ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL HENRIQUE JOSÉ DE SOUZA - JUIZ DE FORA - MG

AS CORES DO MEU BRASIL

AS CORES DO MEU BRASIL
Livro infantil de cultura afro-brasileira

terça-feira, 20 de abril de 2010

A PRINCESINHA E O PIOLHO ESPERTO


Em um lindo Reino, repleto de flores coloridas, com rosas perfumadas e muitas margaridas, vivia uma linda princesinha, que não gostava de lavar a cabeça, nem de pentear seus longos cabelos. Sua mãe, a rainha, ficava muito triste, pois a bela princesinha estava ficando feia e descabelada.

Até que um dia, um piolho esperto notou a sujeira no cabelo embaraçado da princesinha e pensou: - “Belo lugar para viver, pois não serei incomodado, nem pela água, nem pelo sabão e muito menos por aquele chato pente de dentes afiados”.
E assim fez. Mudou-se com sua família para a cabeça da princesinha.
Quando se movimentavam, a menina quase morria de tanta coceira e começava a chorar, mas ninguém sabia o que estava acontecendo com ela.
O dia de seu aniversário estava chegando e a princesinha iria ser coroada. Seu pai, o Rei, encomendou uma linda coroa de ouro, coberta de pedras preciosas.
A princesinha estava muito feliz, mas nem assim deixou sua mãe lavar e pentear os seus cabelos. E, na hora da coroação, quando o rei colocou a coroa na cabeça da princesinha, a coroa saiu voando... voando... voando, cada vez mais alto, até sumir no céu.
Todos exclamaram admirados:
- “ É uma coroa mágica!”
O Rei deu ordens a todos do Reino que procurassem a coroa da princesa, prometendo um prêmio para quem a encontrasse.
Todo o Reino saiu à procura da coroa. Procura daqui... Procura dali... Até que chegaram a um outro reino distante com uma população minúscula.
Era o Reino dos piolhos!
Aí, descobriram que os piolhos, que viviam na cabeça da princesinha acharam a coroa tão bonita, que resolveram se unir e levá-la voando para o seu Reino. Para isso, pegaram carona em um grande pássaro.
A princesinha, assustada com toda essa história, aprendeu a lição. Sorte que não precisou raspar a cabeça! E passou a lavar e pentear os seus cabelos todos os dias.
Ficou muito bonita. Seus cabelos longos, agora, estão bem cuidados e sedosos.
Nunca mais os piolhos a incomodaram.
Seu pai, o Rei, mandou fazer uma nova coroa ainda mais bonita e todo o Reino compareceu à coroação da linda e penteada princesinha.
E os piolhos?
Estão por aí, procurando um outro cabelo sujo e despenteado onde possam morar.
Alguém viu?

3 comentários:

  1. Suas histórias são ótimas e educativas. Meu eu-criança agradece.
    Mil beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a história. Mas tem um porém... Piolhos não tem asas. será que não seria melhor modificar a parte que eles levam a coroa voando? As crianças podem ficar com uma ideia errada de que piolhos têm asas... E, eles não têm. Fora isso, amei a historinha...

    ResponderExcluir
  3. Adorei a História. Muita boa para trabalhar projetos de higiene.

    ResponderExcluir